quarta-feira, 3 de junho de 2015

O Terroir da França

O território da França é equivalente (em tamanho) ao do estado de Minas Gerais. Possui grande variedade de solos e climas e produz uma enorme diversidade de vinhos com estilos únicos.

Bardot - Vinhos e Artes


Não seria nenhum exagero classificar a França como o melhor país vinícola do mundo. Nenhum outro produz tantos vinhos de qualidade tão excepcional. Além de notável produtor e consumidor, são nativas da França as grandes castas viníferas como Cabernet Sauvignon, Chardonnay, Merlot, Pinot Noir, Sauvignon Blanc, Cabernet Franc entre outras. 

Bardot - Vinhos e Artes



São 15 regiões vinícolas, sendo 6 delas de maior renome e prestígio internacional. Vamos a elas:
Bordeaux - A mais importante das regiões vinícolas francesas, produz vinhos estruturados, elegantes e caros. Destaque para os tintos (80% da produção), com predominância das uvas Cabernet Sauvignon e Merlot. Mas algumas sub-regiões bordalesas produzem vinhos brancos excepcionais, como por exemplo o Sauternes

Bourgogne - divide com Bordeaux o status de mais famosa região vinícola da França. Os vinhos tintos da Borgonha são delicados, elaborados apenas com uma uva, a Pinot Noir,  Outras castas também são cultivadas, originando vinhos vinculados a sub-regiões como o Beaujolais, vinho jovem elaborado com a uva Gamay  A Borgonha também produz excelentes brancos, destacando-se os elaborados com a Chardonnay.

Champagne - famosa por seus espumantes, os mais prestigiados e aclamados do mundo, sinônimo de alegria, sofisticação e elegância. O Champagne é elaborado através do método Champenoise, e as três uvas permitidas para sua produção são as tintas Pinot Noir e Pinot Meunier e a branca Chardonnay.

Vale de Loire - uma das regiões vinícolas mais extensas da França, e a variação do clima é responsável por uma enorme diversidade de estilos. Podemos encontrar desde vinhos brancos e rosados (secos ou licorosos), tintos de vários estilos e crèmants.

Rhône -  é quase uma continuação da Borgonha. Se produzem principalmente tintos, com predominância das uvas Syrah e Grenache. Mas existem alguns brancos e os belos e delicados rosés.

Alsacia - pela localização, a região tem muitas castas em comum com a Alemanha (Riesling, Gewürstraminer). Também se usam a Pinot Noir, a Pinot Blanc e a Pinot Gris), na elaboração de vinhos de caráter regionalista e estilo único.


Bardot - Vinhos e Artes

Classificação dos Vinhos Franceses
Vin de Table (Vinho de Mesa): vinhos simples, mais baratos;

Vin de Pays (vinho Regional): são vinhos de qualidade superior ao Vin de Table. É proveniente de regiões determinadas, especialmente da costa mediterrânea sul;

Vin Délimité de Qualité Supérieure - VDQS (Vinho Delimitado de Qualidade Superior): correspondem ao segundo grau na hierarquia de qualidade dos vinhos franceses. São aqueles provenientes de regiões pequenas delimitadas, mas de menor prestígio.

Vin d'Appellation d'Origine Contrôlée - AOC (Vinho de Denominação de Origem Controlada): São os vinhos de melhor qualidade, os grandes vinhos franceses, provenientes de áreas específicas que podem ser grandes regiões, sub-regiões menores, comunas, cidades e, até mesmo, um único vinhedo.


Na Bardot - Vinhos e Artes você encontra uma bela seleção de vinhos franceses. Venha conhecer o nosso portfólio.

Leia também sobre o Terroir da Espanha, clicando aqui.

Serviço:
Bardot - Vinhos e Artes
Rua Barão de Mesquita, 978 A. Praça Verdun, Grajaú, Rio de Janeiro.
Telefone: (21) 2575-9395

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...