segunda-feira, 15 de junho de 2015

Prova de Vinhos na Bardot - Vinhos e Artes... Douro x Alentejo

Bardot - Vinhos e Artes
Na próxima sexta, dia 19 de junho, os vinhos portugueses serão os destaques na Bardot - Vinhos e Artes. Venha descobrir as diferenças e se deslumbrar com essas duas grandes regiões do vinho português, com apresentação do sommelier e consultor Volnei Signor.


Bardot - Vinhos e Artes

As vinícolas
Duorum
Dois enólogos que marcam a história do vinho em Portugal nas últimas décadas, em duas regiões que o mundo reconhece como de elevada qualidade e personalidade, o Douro e o Alentejo, reencontram-se num projeto pensado para o Douro, nas regiões do Cima, Corgo e Douro Superior, dois terroirs excepcionais e protegidos. Assim nasce Duorum, um projeto “de dois”, sonhado e realizado nos vinhedos milenares do Douro. A Duorum Vinhos iniciou a sua atividade em janeiro de 2007 e exprime a vontade de João Portugal Ramos e de José Maria Soares Franco de juntarem as suas atividades profissionais de enólogos num projeto de produção de vinhos do Douro de características únicas e de dimensão internacional.

João Portugal Ramos
Em 1990, João Portugal Ramos plantou os primeiros cinco hectares de vinha em Estremoz, onde vive desde 1988, dando início ao seu projeto pessoal. Em resultado da política de novos investimentos em vinhas surge o problema da transformação da uva. Numa região com um elevado potencial para a produção de vinhos de qualidade como Borba, decidiu apresentar um projeto que visava à transformação das suas próprias uvas, assim como das uvas provenientes das vinhas arrendadas e das que compra mediante contratos de longa duração. Estes contratos são abrangentes, pois toda a orientação técnica das vinhas, desde o encepamento, plantação, tratamentos fitossanitários e marcação da vindima são da responsabilidade dos técnicos de viticultura da empresa. A primeira vindima realizou-se em 1992 e nos anos que se seguiram o vinho foi elaborado em instalações arrendadas, sendo 1997 o primeiro ano em que foi vinificado nas novas instalações. A construção da adega em Estremoz, no Monte da Caldeira, iniciou-se em 1997, tendo sido ampliada em 2000. Hoje em dia dispõe de cerca de nove mil metros quadrados de área coberta, encontrando-se dotada de moderna tecnologia de vinificação, sala de engarrafamento e caves com aproximadamente duas mil barricas de carvalho francês, americano e português, utilizadas para o estágio dos vinhos. Na adega do Monte da Caldeira o moderno convive harmoniosamente com a melhor tradição vinícola portuguesa, sendo que parte dos lotes destinados aos tintos mais sofisticados é pisada em lagares. Foi este o local eleito por João Portugal Ramos para fazer os seus próprios vinhos, após a longa carreira como enólogo consultor na criação de vinhos nas principais regiões vitivinícolas de Portugal.

Serão degustados 6 vinhos, sendo 3 do Alentejo e 3 do Douro.

Representando o Douro

Tons de Duorum Branco

Vinho de cor amarelo citrino e aromas de frutas cítricas, frutas tropicais e frutas cristalizadas, notas florais e minerais. Seco, boa acidez em equilíbrio com o álcool, de corpo médio, com final fresco e persistente.

Bardot - Vinhos e Artes

Tons de Duorum

Cor vermelho rubi. Aromas de frutas escuras maduras (amora e ameixa), frutas vermelhas (morango e framboesa), notas de especiarias e frutas secas. Seco, acidez equilibrada, corpo médio, taninos maduros e elegantes.

Bardot - Vinhos e Artes
Duorum Colheita Douro DOC

Cor vermelho rubi profundo e intenso. Aroma de frutas escuras (amora, ameixa e cassis), frutas vermelhas e especiarias. Seco, encorpado, com acidez equilibrada, taninos macios e final harmonioso.

Bardot - Vinhos e Artes


Representando o Alentejo

Loios Branco

Cor amarelo palha com reflexos verdeais. Aromas de frutas cítricas (lima) e notas minerais.
Seco, corpo leve, boa acidez e final de boca frutado e muito agradável.

Bardot - Vinhos e Artes

Marquês de Borba Tinto

Cor vermelho intenso. Aroma de frutas em compota, amora e cassis. Seco, boa alta acidez, encorpado com taninos equilibrados e final longo.

Bardot - Vinhos e Artes

Vila Santa Trincadeira

Cor vermelho rubi. Aroma de frutas maduras, herbáceo, erva seca e trufas. Seco, acidez em perfeito equilíbrio com os taninos finos e final longo.

Bardot - Vinhos e Artes

Venha participar dessa bela experiência e descobrir um mundo de aromas e sabores. Mas não deixe de fazer a sua reserva, pois o número de vagas é limitado.

Serviço:
Data: 19 de junho de 2015, Sexta feira.
Horário: 18h30
Local: Bardot - Vinhos e Artes
Rua Barão de Mesquita, 978 A. Praça Verdun, Grajaú, Rio de Janeiro.
Inscrições: contato@bardotvinhoseartes.com.br
Telefone: (21) 2575-9395


* Texto retirado do site da Casa Flora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...