terça-feira, 11 de agosto de 2015

Guia das uvas: Merlot


Originária da região de Bordeaux, a Merlot é uma uva tinta da espécie Vitis vinifera.  É uma das castas viníferas mais cultivadas no mundo e detêm enorme prestígio. Mas nem sempre foi assim. Durante muito tempo era conhecida apenas como "a outra tinta de Bordeaux"; a Cabernet Sauvignon reinava absoluta. Essa percepção mudou a partir de 1980 quando começaram a surgir os vinhos do Novo Mundo.

A uva ficou famosa pela sua citação no filme americano Sideways, entre umas e outras. No filme, o protagonista se recusa a tomá-lo em um jantar. Apesar disso, quando o filme se aproxima do final, os personagens se deliciam com uma garrafa de Pétrus, que é, basicamente, um Merlot. 



Características:
Os vinhos merlot apresentam características distintas, dependendo da região em que as uvas são cultivadas. Em climas frios apresentam maior acidez, mais taninos, são mais encorpados, estruturados e com mais toques minerais e de tabaco. Já os cultivados em clima quente são mais leves, frutados e com taninos menos marcados. 

Apresenta uma cor vermelho-púrpura e os aromas primários mais frequentes são: frutas pretas (ameixa, jabuticaba e groselha negra), herbáceos (chá, orégano, alecrim, azeitonas e húmus), especiarias (canela, cravo e noz-moscada), outros (tabaco, cogumelos e couro). Quando o vinho estagia em madeira, surgem aromas mais complexos: caramelo, baunilha, coco, bala toffe, chocolate, café, torrefação, tostado, cedro, esfumaçado, nozes e figo seco. 

Na boca, a principal característica é a textura macia, sedosa e aveludada; com acidez e álcool equilibrados em corpo médio; taninos redondos e final suave. Seus vinhos apresentam acidez e taninos médios, graduação alcoólica entre 12 e 15% e geralmente passam por madeira (de 8 a 12 meses).

Assim como a maioria das uvas tintas, a Merlot pode ser apresentada sozinha (varietal) ou em corte (assemblage). Em ambos os casos, ela dá origem a vinhos mais redondos, aveludados e estruturados. Normalmente, o tempo de guarda é bem vindo para essa uva, porém, seus vinhos podem ser degustados mais jovens. Quando em corte, ela é responsável por arredondar, harmonizar e dar mais elegância ao conjunto.



As principais regiões de cultivo são:
Apesar de ser originária da região de Bordeaux, a Merlot é uma das uvas mais populares ao redor do mundo, e pode ser encontrada em praticamente todos os países produtores. Apenas as zonas mais quentes não são recomendadas.

França - Bordeaux (vinhos emblemáticos e elegantes, em típico corte bordalês) e Languedoc (vinhos menos complexos, mas igualmente excelentes); 

Itália - região de Friuli (varietais), Toscana (em corte com Sangiovese e Cabernet Sauvignon, produzindo alguns dos Supertoscanos); 
Portugal - região de Setúbal (vinhos deliciosos, redondos e poderosos, que podem ser degustados jovens ou guardados por alguns anos. Normalmente se apresentam varietal e com forte presença de madeira);  
EUA - Califórnia.Vinhos estruturados, encorpados e longevos. Extremamente frutados e marcados pelas especiarias (varietais ou em corte). Alguns são fortes concorrentes dos melhores exemplares de Bordeaux;
Chile
produz bons Merlots com um toque mais herbáceo e com madeira marcada. Vinhos encorpados e interessantes (varietais ou em corte);
África do Sul - v
inhos elegantes, potentes, alcoólicos e muito aromáticos. Pode ser varietal ou corte e já estão prontos para beber;
Austrália – Representa apenas 3% da produção de vinhos. Porém, produz vinhos diferentes, com pouca fruta e aromas mais terrosos (varietais ou em corte).


Bardot - Vinhos e Artes

Harmonização:
O Merlot é um excelente vinho para se degustar sozinho, sem acompanhamento de comida, pois é um vinho redondo, sedoso e aveludado. Mas devido as suas características intermediárias entre os tintos, são capazes de harmonizar com uma grande variedade de pratos. tais como: 
  • Terrines de especiarias ou ervas e patês;
  • Carnes semi-doces como: Pato, Ganso, Coelho;
  • Cozinha Tailandesa com pratos picantes e condimentados;
  • Cozinha Árabe: Arroz com lentilha, Kibe, Kafta, dentre outros;
  • Cozinha Caseira ou Regional: Carnes de panela com vinho tinto (cassaroles), Guisados, Panquecas e Gratinados;
  • Risotos: Funghi, Isca de carne, Gorgonzola ou Carne seca com abóbora;
  • Escalopes com molhos clássicos (Madeira, chateaubriand, champignons, roti e outros escuros);
  • Cozinha Italiana: Massas recheadas como: Capelletti in Brodo (de frango ou vitela).

Bardot - Vinhos e Artes tem diversos rótulos de Merlot em seu portfólio, como o Stellenrust Vintage Merlot (África do Sul, 2011), dentre outras opções.Vale a pena experimentar! 


Fontes:
www.menuespecial.com.br/
www.guiadovinho.com.br
Wikipedia

Serviço:
Bardot - Vinhos e Artes
Rua Barão de Mesquita, 978 A. Praça Verdun, Grajaú, Rio de Janeiro.

Fale conosco:
Telefone: (21) 2575-9395

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...