segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Guia das uvas: Riesling



Riesling é uma casta de uva branca da família da Vitis vinifera, originária da França (Alsácia) e Alemanha (Baden).

Notável pelos vinhos frutados, brilhantes e alegres, de cor palha; bem secos e aromáticos no paladar, mostrando sua vivacidade e riqueza de sabores. Existe também a variedade Riesling Itálica, muito usada no centro e norte da Itália, mas que não tem a expressão de sua prima do Reno.



Características da casta:

Seus cachos apresentam coloração verde amarelada com tamanho médio e delicado.

A uva Riesling possui 2 variações, sendo a Renana a de maior qualidade e a Itálica a que possui menor grau de expressividade.

A Riesling renana, como é conhecida, dá vinhos brilhantes, de cor palha dourada, aromas intensos de frutas (abacaxi, pessego, maracujá, limão-cravo), especiarias e ervas. No paladar reaparecem os sabores dos aromas percebidos; tem acidez bastante destacada, equilibrada com álcool; os açucares residuais escondem-se na acidez, dando um vinho muito sabor e de bom corpo.

Os melhores brancos da casta costumam ser os varietais.

Além disso, os Riesling podem ser desenvolvidos em diferentes estilos, desde vinhos secos até exemplares doces.

Os Riesling possuem excelente capacidade de envelhecimento, especialmente, os vinhos de sobremesa, responsáveis por adicionar uma riqueza suave com o tempo. Além disso, raramente são envelhecidos em carvalho.

foto: www.alessandraesteves.com



Principais regiões de cultivo:

A Alemanha cultiva mais Riesling do que qualquer outro país, principalmente na região do Reno e Mosel, e é responsável por muitos dos exemplares mais surpreendentes.

Essa cepa também é essencial na Alsácia, leste da França.

Produz vinhos excelentes na Áustria e vem ganhando destaque em alguns países do Novo Mundo como Austrália, Nova Zelândia, África do Sul e EUA.

foto: Blog Tribuna do Norte

Harmonização:

Devido a suas características, e seguindo a regra geográfica, onde cada vinho acompanha bem sua culinária de origem, salsichas, batatas souté, carré de porco, kassler, chucrutes e maionese de batatas são imbatíveis com Riesling.

Por causa da doçura e acidez da Riesling, ela também faz o acompanhamento perfeito com a comida picante, como as fortes especiarias indianas e asiáticas.

E os vinhos doces, harmonizamos facilmente com sobremesas como o tradicional Strudel de maçã, que combina perfeitamente com a doçura e boa acidez do vinho.



A Bardot indica o Corralillo 2013, um surpreendente Riesling do Valle de Casablanca, Chile.




Leia também:



Fontes:
www.sommelierwine.com.br
www.menuespecial.com.br
www.vinci.com.br 
www.academiadovinho.com.br



Serviço:
Bardot - Vinhos e Artes
Rua Barão de Mesquita, 978 A. Praça Verdun, Grajaú, Rio de Janeiro.

Fale conosco:
contato@bardotvinhoseartes.com.br
Telefone: (21) 2575-9395




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...